Não sei o que dizer. Mesmo se as palavras surgissem, minha garganta está tão apertada que não as deixaria escapar
Os 13 porquês (via auroriar)
Posted 15 Junho 2014, Há 1 mês | 9.945 notas | reblog this post
(originally ultimosonho / via auroriar)
Me mande mentalmente coisas boas. Estou tendo uns dias difíceis mas nada, nada de grave. Dias escuros sem sorrisos, sem risadas de verdade. Dias tristes, vontade de fazer nada, só dormir. Dormir porque o mundo dos sonhos é melhor, porque meus desejos valem de algo, dormir porque não há tormentos enquanto sonho, e eu posso tornar tudo realidade. Quando acordo, vejo que meus sonhos não passam disso, sonhos; e é assim que cada dia começa: desejando que não tivesse começado, desejando viver no mundo dos sonhos, ou transformar meu mundo real num lugar que eu possa viver, não sobreviver.
Caio Fernando Abreu.  (via repreendido)
Posted 28 Maio 2014, Há 2 meses | 11.757 notas | reblog this post
(originally cerimoniais / via repreendido)

caioetatidivos:

No fim destes dias encontrar você que me sorri, que me abre os braços, que me abençoa e passa a mão na minha cara marcada, na minha cabeça confusa, que me olha no olho e me permite mergulhar no fundo quente da curva do teu ombro. Mergulho no cheiro que não defino, você me embala dentro dos seus braços e você me beija e você me aperta e você me aquieta repetindo que está tudo bem, tudo, tudo bem.”

               (Caio Fernando de Abreu)

Posted 25 Abril 2014, Há 3 meses | 449 notas | reblog this post
(originally caioetatidivos / via caioetatidivos)

caioetatidivos:

"Alguma coisa aconteceu comigo. Alguma coisa tão estranha que ainda não aprendi o jeito de falar claramente sobre ela. Quando souber finalmente o que foi, essa coisa estranha, saberei também esse jeito. Então serei claro, prometo. Para você, para mim mesmo. Como sempre tentei ser. Mas por enquanto, e por favor, tente entender o que tento dizer.”

      (Caio Fernando de Abreu)

Posted 25 Abril 2014, Há 3 meses | 411 notas | reblog this post
(originally caioetatidivos / via caioetatidivos)

caioetatidivos:

“Me mande mentalmente coisas boas. Estou tendo uns dias difíceis, sabe? Mas nada, nada de grave. Dias escuros sem sorrisos, sem risadas de verdade. Dias tristes, vontade de fazer nada, só dormir. Dormir porque o mundo dos sonhos é melhor, porque meus desejos valem de algo, dormir porque não há tormentos enquanto sonho, e eu posso tornar tudo realidade. Quando acordo, vejo que meus sonhos não passam disso, sonhos; e é assim que cada dia começa: desejando que não tivesse começado, desejando viver no mundo dos sonhos, ou transformar meu mundo real num lugar que eu possa viver, não sobreviver.”

   (Caio Fernando de Abreu)

Posted 25 Abril 2014, Há 3 meses | 370 notas | reblog this post
(originally caioetatidivos / via caioetatidivos)

caioetatidivos:

"Gosto de pensar que quem já morreu fica num lugar quentinho, que a gente não vê, cuidando de quem ainda não morreu. E se você quiser agradar a essa pessoa, é só fazer coisas que ela gostava. Aí ela fica ainda mais quentinha e cuida ainda melhor da gente."

        (Caio Fernando de Abreu)

Posted 25 Abril 2014, Há 3 meses | 343 notas | reblog this post
(originally caioetatidivos / via caioetatidivos)
Posted 4 Abril 2014, Há 3 meses | 42.564 notas | reblog this post
(originally shadows-into-light / via inverbos)
Não, eu não estou nada bem. E o que eu quero é voltar a me entregar pra vida, sem medos. Eu quero deitar e ter a sorte de ter um sono tranquilo depois de sentir que o dia finalmente voltou a sorrir pra mim. Cansei de perder noites, de ser escrava de pensamentos ruins, negativos. Eu sei que lá no fundo, há tanta beleza do mundo, eu só preciso voltar a enxergar.
Posted 30 Março 2014, Há 3 meses | reblog this post
Obrigada por estar do meu lado quando eu mais preciso, quando me perco, quando mergulho em mil confusões e não sei o caminho de volta. Obrigada por me aturar em meus dias ruins, quando sou chata, infantil, fria. Obrigada por ser paciente e me suportar quando erro, sou teimosa e persisto no erro. Obrigada por me amar mesmo quando falo besteiras quando sem pensar, vomito frases feias, que você que só merece o que há de mais bonito, nunca mereceu escutar. Obrigada por entender minhas fraquezas, angústias. Obrigada por compreender minhas indecisões, por me amar quando não consigo dizer o que eu preciso, quando não sei o que fazer, quando o que se aparece é confuso demais pra se interpretar. Obrigada por conseguir amar meus defeitos, que são vários. Obrigada por me amar do jeito que eu sou. É assim que me sinto segura do seu amor.
                                                                          (via deixaeuseramaisfeliz)
Posted 27 Março 2014, Há 4 meses | 7 notas | reblog this post
E diante de uma montanha de problemas, por mais que me esforce, fica difícil enxergar coisas boas.
                                                                         (via deixaeuseramaisfeliz)
Posted 26 Março 2014, Há 4 meses | reblog this post
Talvez amar seja isso mesmo...
Você ter milhões de medos. E ainda assim se entregar.
page 1 of 19 »
Home
About Me
sobre mim GGGGGGGGGG
Ask
Meus Textos
theme por affectingyou, com detalhes de keepcal-m e elasocurtejackdaniels; don't copy and don't remove this tag.
see the credits..
Deixa eu ser a mais feliz
Não sei o que dizer. Mesmo se as palavras surgissem, minha garganta está tão apertada que não as deixaria escapar
Os 13 porquês (via auroriar)
Posted 15 Junho 2014, Há 1 mês | 9.945 notas | reblog this post
(originally ultimosonho / via auroriar)
Me mande mentalmente coisas boas. Estou tendo uns dias difíceis mas nada, nada de grave. Dias escuros sem sorrisos, sem risadas de verdade. Dias tristes, vontade de fazer nada, só dormir. Dormir porque o mundo dos sonhos é melhor, porque meus desejos valem de algo, dormir porque não há tormentos enquanto sonho, e eu posso tornar tudo realidade. Quando acordo, vejo que meus sonhos não passam disso, sonhos; e é assim que cada dia começa: desejando que não tivesse começado, desejando viver no mundo dos sonhos, ou transformar meu mundo real num lugar que eu possa viver, não sobreviver.
Caio Fernando Abreu.  (via repreendido)
Posted 28 Maio 2014, Há 2 meses | 11.757 notas | reblog this post
(originally cerimoniais / via repreendido)

caioetatidivos:

No fim destes dias encontrar você que me sorri, que me abre os braços, que me abençoa e passa a mão na minha cara marcada, na minha cabeça confusa, que me olha no olho e me permite mergulhar no fundo quente da curva do teu ombro. Mergulho no cheiro que não defino, você me embala dentro dos seus braços e você me beija e você me aperta e você me aquieta repetindo que está tudo bem, tudo, tudo bem.”

               (Caio Fernando de Abreu)

Posted 25 Abril 2014, Há 3 meses | 449 notas | reblog this post
(originally caioetatidivos / via caioetatidivos)

caioetatidivos:

"Alguma coisa aconteceu comigo. Alguma coisa tão estranha que ainda não aprendi o jeito de falar claramente sobre ela. Quando souber finalmente o que foi, essa coisa estranha, saberei também esse jeito. Então serei claro, prometo. Para você, para mim mesmo. Como sempre tentei ser. Mas por enquanto, e por favor, tente entender o que tento dizer.”

      (Caio Fernando de Abreu)

Posted 25 Abril 2014, Há 3 meses | 411 notas | reblog this post
(originally caioetatidivos / via caioetatidivos)

caioetatidivos:

“Me mande mentalmente coisas boas. Estou tendo uns dias difíceis, sabe? Mas nada, nada de grave. Dias escuros sem sorrisos, sem risadas de verdade. Dias tristes, vontade de fazer nada, só dormir. Dormir porque o mundo dos sonhos é melhor, porque meus desejos valem de algo, dormir porque não há tormentos enquanto sonho, e eu posso tornar tudo realidade. Quando acordo, vejo que meus sonhos não passam disso, sonhos; e é assim que cada dia começa: desejando que não tivesse começado, desejando viver no mundo dos sonhos, ou transformar meu mundo real num lugar que eu possa viver, não sobreviver.”

   (Caio Fernando de Abreu)

Posted 25 Abril 2014, Há 3 meses | 370 notas | reblog this post
(originally caioetatidivos / via caioetatidivos)

caioetatidivos:

"Gosto de pensar que quem já morreu fica num lugar quentinho, que a gente não vê, cuidando de quem ainda não morreu. E se você quiser agradar a essa pessoa, é só fazer coisas que ela gostava. Aí ela fica ainda mais quentinha e cuida ainda melhor da gente."

        (Caio Fernando de Abreu)

Posted 25 Abril 2014, Há 3 meses | 343 notas | reblog this post
(originally caioetatidivos / via caioetatidivos)
Posted 4 Abril 2014, Há 3 meses | 42.564 notas | reblog this post
(originally shadows-into-light / via inverbos)
Não, eu não estou nada bem. E o que eu quero é voltar a me entregar pra vida, sem medos. Eu quero deitar e ter a sorte de ter um sono tranquilo depois de sentir que o dia finalmente voltou a sorrir pra mim. Cansei de perder noites, de ser escrava de pensamentos ruins, negativos. Eu sei que lá no fundo, há tanta beleza do mundo, eu só preciso voltar a enxergar.
Posted 30 Março 2014, Há 3 meses | reblog this post
Obrigada por estar do meu lado quando eu mais preciso, quando me perco, quando mergulho em mil confusões e não sei o caminho de volta. Obrigada por me aturar em meus dias ruins, quando sou chata, infantil, fria. Obrigada por ser paciente e me suportar quando erro, sou teimosa e persisto no erro. Obrigada por me amar mesmo quando falo besteiras quando sem pensar, vomito frases feias, que você que só merece o que há de mais bonito, nunca mereceu escutar. Obrigada por entender minhas fraquezas, angústias. Obrigada por compreender minhas indecisões, por me amar quando não consigo dizer o que eu preciso, quando não sei o que fazer, quando o que se aparece é confuso demais pra se interpretar. Obrigada por conseguir amar meus defeitos, que são vários. Obrigada por me amar do jeito que eu sou. É assim que me sinto segura do seu amor.
                                                                          (via deixaeuseramaisfeliz)
Posted 27 Março 2014, Há 4 meses | 7 notas | reblog this post
E diante de uma montanha de problemas, por mais que me esforce, fica difícil enxergar coisas boas.
                                                                         (via deixaeuseramaisfeliz)
Posted 26 Março 2014, Há 4 meses | reblog this post
Talvez amar seja isso mesmo...
Você ter milhões de medos. E ainda assim se entregar.
page 1 of 19 »
Home
About Me
Ask
Meus Textos
theme por affectingyou, com detalhes de keepcal-m e elasocurtejackdaniels; don't copy and don't remove this tag.
see the credits..